Arquivo da tag: Virtual

Revista Ecaderno 3ª edição

 

Amigas e amigos, hoje eu li a 3ª edição da Revista Ecaderno, que já saiu do forno e circula por toda a cidade de Juiz de Fora com o conteúdo ainda mais dinâmico, jovem e interessante, feito especialmente para você.

O mundo profissional e acadêmico da nossa cidade e região e todas as suas potencialidades podem ser descobertos página por página, através de matérias especiais, entrevistas, artigos e debates sobre os mais variados temas.

Você poderá conhecer, por exemplo, minha opinião sobre o trabalho de professores de cursinhos e suas irreverentes metodologias de ensino na matéria da Rafaela Borges ‘Meu professor é o cara!’. No momento em que os estudantes podem estar tão frágeis e inseguros,  alguém que possa mostrar para eles que conseguir aquilo que deseja é possível e que ainda vai ajudá-los nesta tarefa, tornando o caminho mais fácil, é fundamental!

Também vai ficar por dentro do que passa na cabeça dos jovens da nova “Geração Z” e sua íntima relação com a tecnologia. A seção Debate esquenta o clima e te mostra quem é a favor e quem é contra ao uso do Enem nos processos seletivos de vestibulares na cidade. O artigo sobre Linguística, do professor e comunicador Wedencley Alves, é uma boa pedida para a galera que se liga nas gírias!

No âmbito universitário, a Internacionalização do Ensino na UFJF pretende levar Juiz de Fora para o mundo. As comemorações do “Ano Internacional da Química” se transformam em uma reportagem especial que traz a história deste curso tão importante até a atualidade de nossas vivências cotidianas. Além disso, grandes invenções produzidas nas universidades da cidade são expostas para toda a população conhecer um pouco mais sobre suas utilidades. Recomendamos o artigo do reitor da UFJF, Henrique Duque, sobre os desafios da educação superior na região.

Os profissionais de Juiz de Fora terão muito o que comemorar com a reportagem sobre os investimentos que grandes empresas do país pretendem fazer na cidade. Vão te contar tudo o que o mercado da região espera de você, além de dicas quentíssimas sobre como se preparar para essa demanda. O Ecaderno também viajou até Barbacena para mostrar de perto toda a eficiência do Hotel-Escola Grogotó na capacitação para o mercado de Hotelaria. E você vai conhecer, ainda, profissionais da cidade que tentaram a vida no exterior e se deram bem. 

O mundo dos concurseiros não podia ficar de fora. Encontre seu caminho diante da matéria sobre o peso da estabilidade nos concursos públicos, com dicas do consultor de carreiras Dorival Pinotti. Além disso, o Ecaderno mergulhou no mundo do Exame de Ordem para mostrar para você todas as peculiaridades de uma das provas com maior índice de reprovação do país. O advogado e expert em concursos públicos na cidade, Valério Ribeiro, fala em seu artigo sobre a sorte nos concursos.

A revista na versão virtual você encontra aqui: http://www.youblisher.com/p/142475-Revista-Ecaderno-3/

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Vestibular

GERAÇÃO ARROBA

 Gente, estou muito feliz!

O Jornal Tribuna de Minas publicou hoje (19/04) mais um de meus artigos. Nele, eu falo sobre nossa virtualização. Segue abaixo o texto na íntegra.

Aguardo comentários!

Geração Arroba

“Trezentos e vinte e sete”. Essa foi a resposta que um estudante pré-adolescente me deu ao ser questionado se tinha muitos amigos. Então perguntei: Como você sabe o número exato de amigos que tem? Mas, me lembrei da resposta: Este é o número de seguidores que ele tem na rede social que utiliza.

Ele sempre sabe onde essas pessoas passam os finais de semana. Ao ver as fotos, sabe o que fizeram nos últimos dias. Lendo seus status, sabe o que estão sentindo, se estão namorando, o filme e a música preferidos, o que gostam de comer e assim por diante. Com um clique, esse aluno manda um convite para alguém da rede social do amigo que ele está “visitando” e, rapidamente, tem um novo amigo. Simples assim!

Essa é uma das realidades dos nossos dias. Alguns sabem tudo o que acontece com uma pessoa que está a 980 km de distância, mas pouco conhecem do seu vizinho de apartamento que está a meio metro. Hoje, as amizades virtuais substituíram antigos costumes, como dar um aperto de mão ou um abraço, parar na esquina da rua para conversar por um momento ou marcar um encontro para colocar as conversas em dia.

Refletir sobre o ser humano se relacionando no mundo real já é algo um pouco distante, mas refletir sobre esse ser humano se relacionando no mundo virtual já é uma constante, pois amizades e romances, em nossos dias, têm começado virtualmente. Então fica mais uma pergunta: O que é virtual nos dias de hoje?

Está enganado quem pensa que o virtual está apenas na rede, pois ele se faz presente em todas as atitudes diárias. A virtualização dos corpos é um fato constante na sociedade contemporânea, em que a maioria não sai de casa sem o celular, ipod e mp3, 4 (ou sei lá qual).

Precisamos parar e pensar como os bebês nascerão daqui a alguns anos, já que o poder de assimilação dessas crianças é, a cada dia, mais rápido. É a geração arroba, dominando toda a tecnologia, sabendo ligar e desligar computador, notebook e qualquer outro objeto tecnológico existente. As crianças já nascem com suas fotos expostas em todas as redes sociais, incluindo até o site da maternidade. Quanto tempo faltará para que cada bebezinho venha com seu chip e todas as atividades programadas?

Seria tão bom se cada um perdesse a conta de quantos amigos tem! Bastaria sair na rua e começar a cumprimentar seu vizinho de rua, de apartamento, dizer “bom dia” quando passa por alguém pelo caminho. Mais fácil do que ter que enviar um convite para o outro convidando-o para ser seu amigo, pois basta um simples gesto de simpatia e de carinho com a outra pessoa!

Deixe um comentário

Arquivado em Artigo