Avós: entrevista, vídeo e mensagem

Hoje, conversei ao vivo, com a excelente jornalista Claudia Oliveira no MGTV 1a. edição. Falamos sobre os avós. Infelizmente, não consegui fotografar nem gravar o bate papo mas, a entrevista colocada no ar, antes da conversa, com Geralda da Silva e Fátima Nejain (as avós atuantes) segue, na íntegra, abaixo:

Conheça a história de duas avós que dedicam a vida às suas famílias em Juiz de Fora

É comemorado nesta quinta-feira (26) o Dia da Avó. Em Juiz de Fora, duas mulheres dedicam suas vidas às famílias e, principalmente, aos netos. Quem observa a aposentada Geralda da Silva Dias, de 84 anos, sentada calmamente nem pode imaginar todas as angústias e trabalho que teve para criar os 11 filhos. Ela ainda se mantém forte e doce ao mesmo tempo para oferecer aconchego aos quase 40 netos, bisnetos e tataranetos. O mais velho deles tem 50 anos. Mesmo assim, ela ainda se lembra da emoção ao tomar nos braços o primeiro bebê.
Ela é uma avó que experimentou esta sensação de todas as maneiras possíveis. Ela chegou até mesmo a amamentar uma das netas. A partir da casa desta é possível explicar o termo ‘casa de vó’: um espaço de acolhimento, união e aconchego suficiente para preencher as páginas de um livro.
A aposentada Fátima Nejain também sabe qual é a sensação de ser avó. Ela é a responsável por cuidar dos três netos durante todo o dia – e haja fôlego e criatividade para distrair as crianças. É brincadeira o tempo inteiro.
Há também momentos de educação e também puxões de orelha, mas não falta o essencial: carinho.

O vídeo desta reportagem está disponível no link http://g1.globo.com/videos/minas-gerais/triangulo-mineiro/mgtv-1edicao/t/zona-da-mata-e-vertentes/v/avos-dedicam-a-vida-as-suas-familias-em-juiz-de-fora-mg/2059852/

Avós cúmplices e amigos

Cabe frisar, aqui, que é muito saudável, para os netos, o papel de cúmplice e amigo que os avós podem exercer. As regras e opiniões, diversas vezes diferentes, devem ser bem acertadas entre avós e pais favorecendo aos netos a segurança com relação aos papéis de cada familiar. Na rotina de muitas famílias a avó, cada vez mais ativa em nossa geração, devido o avanço da medicina, ocupou o papel de segunda mãe. Essa nova estrutura familiar gera tumulto na cabeça da criança. Os avós são amigos de seus netos. Quando adolescentes, os jovens, muitas vezes, buscam o  apoio dos avós sobre questões dessa fase da vida e acabam até contando segredos que talvez não contassem aos pais. É mais saudável apresentar ao neto , com clareza, quem o representa na vida escolar, nos médicos ou nos limites e regras.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Família

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s