Escolha da graduação é um dilema para grande parte dos estudantes

Estou com nova matéria no site Ecaderno desde o dia 06 de setembro. o link é http://www.ecaderno.com/pre-universitario/noticias/4173/escolha-da-graduacao-e-um-dilema-para-grande-parte-dos-estudantes.html.

Para quem quiser, segue o texto na íntegra abaixo:

No Brasil, cerca de 20% dos jovens desistem da primeira graduação. A Psicopedagoga Clara Duarte dá dicas para diminuir a chance do erro.

As inscrições para o Vestibular e PISM da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) estão abertas. Os futuros calouros têm até às 15h do dia 19 de outubro para marcar qual carreira querem seguir. No entanto, segundo especialistas, de cada três vestibulandos, dois não sabem ao certo o que querem fazer.

Para quem já fez a opção e já se inscreveu, é só ter tranquilidade nos primeiros períodos, quando os conteúdos são gerais e podem colocar em dúvida a opção escolhida, afirma Clara.

É uma decisão difícil, que irá definir o futuro profissional de cada um. As opções são muitas. Só na UFJF, por exemplo, são quase 40 cursos diferentes oferecidos e, na hora de marcar a graduação, muitos começam a refletir sobre a escolha. De acordo com a psicopedagoga Clara Duarte, que orienta adolescentes vestibulandos há 12 anos, os estudantes devem unir os pensamentos, refletindo sobre o que satisfaz os seus desejos pessoais e o que os realiza profissionalmente. Basicamente, tudo deve ser levado em consideração: vocação, remuneração e mercado de trabalho.  Os vestibulandos devem procurar saber sobre a prática do profissional, como ele irá atuar no mercado.

Outro passo importante é conversar muito. Ir atrás de profissionais atuantes no mercado, amigos, parentes e professores. O recomendável é obter o máximo possível de informações confiáveis sobre o curso. “Além das conversas, é interessante buscar perfil de profissões em sites da internet”, afirma Clara Duarte. Existem várias fontes de informações como guias, revistas e manuais de profissões. Aqui no Ecaderno, por exemplo, nós temos uma seção exclusivamente destinada às carreiras. O importante é pesquisar! Clara Duarte afirma que depois desta busca, vale ir atrás da orientação profissional. “Os vestibulandos devem procurar ajuda de profissionais que atuem com testes vocacionais”, conta.   

Seguindo todos esses passos, as chances de errar na escolha do curso são menores. No Brasil, cerca de 20% dos jovens desistem da primeira graduação. Os cursinhos preparatórios estão lotados de pessoas que já experimentaram a alegria de terem sido aprovados no vestibular, mas desistiram. Isso comprova que a chance do erro existe, mesmo tendo pensado e refletido com cuidado. A psicopedagoga Clara afirma que a troca de curso não é o fim do mundo, e que não é preciso desesperar. No entanto, é preciso ter certeza sobre essa decisão. “Para quem já fez a opção e já se inscreveu, é só ter tranquilidade nos primeiros períodos, quando os conteúdos são gerais e podem colocar em dúvida a opção escolhida. Entretanto, se durante o percurso não se sentirem adaptados, nunca é tarde para mudar”.

Obrigada, Rafaela!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em ENEM, Geral, Profissões, Universidade, Vestibular

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s